Olimpíada Canina: conheça alguns dos esportes para o seu cachorro

Tutor, você já ouviu falar dos esportes caninos?

Os esportes caninos são uma excelente maneira de estimular atividades físicas, visando que o seu cachorro permaneça ativo, além de criar um laço ainda maior entre vocês. Deixar o seu doguinho com energia acumulada não é nada bom para a saúde dele, e uma boa maneira de evitar esse acúmulo de energia e tédio, é apostar nos esportes caninos.

Existem diversos tipos de esportes caninos, alguns tem foco em exercitar apenas o corpo, enquanto outros focam na mente do animal. Entretanto, a maioria deles se utilizam de uma combinação de ambas as partes em conjunto com o guia humano.

Tanto os cães, quanto os humanos devem ser treinados. E lembre-se, qualquer cão pode praticar esportes caninos, sem restrição de raça. Deve-se só levar em consideração a condição física do seu cãozinho, para que ele não seja forçado a fazer algo que não consiga.

Tutor, se você tem interesse em começar a praticar algum dos esportes caninos com o eu cachorro, procure uma equipe em sua cidade que seja especializada nesses esportes, e que possa te orientar nos primeiros passos do treinamento. Além disso, lembre-se de consultar seu médico veterinário de confiança, pois ele será de grande importância nessa fase, avaliando a saúde e condição física do seu cão, para checar se ele está apto para entrar nos esportes caninos.

Alguns dos Principais Esportes Caninos

FRISBEE

Além de ser uma brincadeira bem conhecida, o Frisbee é também considerado um esporte canino!

Enquanto uma modalidade esportiva, o Frisbee conta com modalidades e regras distintas, organizando melhor a atividade e regulando competições profissionais. Bastante praticado por cães ágeis e com bastante energia de sobra, este esporte basicamente consiste no lançamento de discos de frisbee para o cão, e isso pode ocorrer de diversas formas. Dentro deste esporte podemos encontrar três tipos de modalidades:

  • Arremesso a distância: esta modalidade é a mais comum, e nela o tutor e o cão devem ficar atrás de uma linha que determinará o ponto de arremesso. O objetivo é o tutor arremessar e o cão pegar o maior número de discos em um período determinado.
  • Arremesso com precisão: nesta modalidade, os discos são arremessados em círculos demarcados no chão, e desta forma o cão deverá capturar o frisbee dentro deles. Quanto mais preciso o cão for, maior será a sua pontuação.
  • Freestyle: como o próprio nome já diz, esta modalidade admite uma maior liberdade, e os passos são realizados ao som de uma música. O tutor e o cão devem dançar em sintonia com a música, realizando lançamentos de curta distância. A criatividade é um fator muito relevante nas competições desta modalidade, ou seja, a dupla vencedora será aquela que realizar os “passos” mais criativos.

AGILITY

Agility é um esporte canino que como o próprio nome diz, envolve agilidade e velocidade. Inspirado no hipismo, esse esporte é um dos que mais cresce no mundo e é um dos mais populares aqui no Brasil.

Neste esporte canino, o cachorro é conduzido por seu tutor por um circuito de obstáculos, nos quais estão presentes rampas, saltos, passarelas, túneis, gangorras, pneus, entre outros. O cão deve fazer o circuito sem o uso de guias, toques ou mesmo estímulos, como brinquedos e comidas. Ele será guiado somente por gestos e comandos de voz vindos de seu tutor. O objetivo desta modalidade é terminar o circuito sem faltas e com o menor tempo.

As competições deste esporte são divididas pelo porte dos cães, uma vez que cada um deles deve ter obstáculos apropriados à sua altura e velocidade. Mas esse é um esporte democrático, os cães de todos os portes, raças e pesos, podem participar, desde que estejam com a saúde em dia!

Para que os objetivos desde esporte sejam alcançados, necessita-se de grandes esforços de adestramento e obediência. Tanto o cão, quanto o tutor devem se dedicar com bastante persistência. É possível praticar esse esporte canino como uma forma de lazer, ou também para concorrer em campeonatos.

CANICROSS

O Canicross é um esporte canino que vem crescendo bastante nos últimos tempos e consiste em correr junto com o seu cão, unidos por um equipamento específico. Nesta modalidade o tutor e o cachorro praticam atividade física juntos, aumentando ainda mais seu laço.

O cão deverá ir preso à uma guia elástica que o liga à cintura do tutor, desta forma vale lembrar que as coleiras tradicionais não servem para este exercício, deve ser utilizado um equipamento específico para a proteção de ambos dos puxões do cão.

Existem várias competições para essa modalidade esportiva, contudo, você também pode praticar sozinho em trilhas, florestas, caminhos etc.

Praticamente todo cão adulto pode praticar o Canicross, desde que esteja com a saúde em dia. Por isso recomendamos que antes de praticar, seja realizada uma revisão completa a fim de certificar o bom estado de saúde do cachorro. Além disso, deve-se examinar periodicamente o estado das patinhas do cão.

Os cachorros braquicéfalos, aqueles que possuem o focinho mais achatados, não possuem recomendação para a prática desse tipo de exercício como o Canicross, uma vez que essas raças de cachorros apresentam problemas respiratórios, dificultando o equilíbrio da temperatura corporal.

Dentro deste esporte existem diversas modalidades, e a mais comum entre elas é o sprint, de média e larga distância. Nesta modalidade o tutor e o cão percorrem distâncias entre 5 e 12 km, variando de acordo com as normas da federação organizadora.

FREESTYLE

O Freestyle é uma modalidade dentro dos esportes caninos que envolve dança e muita obediência por parte do cão. O tutor e o cachorro deverão executar performances coreografadas demonstrando para toda a plateia o relacionamento e sintonia entre a dupla.

Neste esporte o cão deverá expor sua disciplina e treinamento executando movimentos artísticos extremamente precisos. Deve haver muita sintonia e companheirismo entre o cão e seu tutor, pois sem isso, não adianta nenhum treinamento. Nesta modalidade o cão deve estar o tempo inteiro muito atento ao seu treinador, em seus comandos verbais e físicos, uma vez que neste esporte deve haver muito dinamismo e a criação de novos passos sempre.

Cães de todos os portes podem participar desse esporte canino, independente de sua raça ou idade, desde que possuam condições físicas para tal. É mais comum vermos cães da raça Border Collie e Golden Retriever nas competições, entretanto cães sem raça definida podem participar também.

FLYBALL

O Flyball é um dos esportes caninos que surgiu nos Estados Unidos, nos anos 70, e que com o tempo foi se espalhando para os demais países, tornando-se um dos esportes mais conhecidos.

Além de garantir que o seu cão esteja sempre praticando uma atividade física, o FlyBall proporciona uma atividade mental do bichinho, uma vez que para executar corretamente os passos do exercício, o cão necessita de muita velocidade e da capacidade de superar obstáculos.

Nesta modalidade forma-se duas equipes de quatro cães cada, tendo como objetivo superar uma série de obstáculos impostos ao longo do caminho. O cão deverá passar por esses obstáculos, geralmente com 20 a 40cm de altura, para chegar ao outro lado, onde se encontra uma máquina que irá lançar uma bolinha. Ao pegar a bolinha, o cão deverá fazer o mesmo percurso de volta para a linha de largada. A equipe vencedora é a que realizar todo esse processo em um menor espaço de tempo possível.

A equipe geralmente é formada por 6 cães, dentre eles 4 competidores e 2 reservas. No período da prova, os cães competidores devem seguir a regra de não entrar na pista quando o companheiro de equipe ainda estiver realizando a prova. Ele só poderá iniciar a prova assim que o outro cão passar pela linha de chegada. Desta forma o Flyball é como uma corrida de revezamento com obstáculos realizada por cães.

O Flyball estimula nos cães não só uma boa velocidade, mas também habilidade, resistência, estratégia e inteligência. São vários fatores que contam para uma boa execução desse esporte. Desta forma, se você pretende praticar esse esporte com o seu cão, nós indicamos que, embora seja possível ensinar um cachorro adulto, você comece o ensinar desde filhote.

  • Ensine ordens básicas, pois para a prática desse exercício, a disciplina e muito necessária. Comandos como ‘senta’, ‘solta’, ‘aqui’, ‘quieto’, entre outros, são de extrema importância para a prática.
  • É bastante importante que ele esteja familiarizado com a caixa que arremessa a bolinha, então o contato entre eles é muito importante para que o cachorro pise no pedal e pegue a bolinha.
  • Ensine-o a pular os obstáculos, sem que nada o distraia ao longo do caminho.

NATAÇÃO PARA CÃES

A natação é uma das melhores atividades físicas para cachorros, pois estimula o organismo dos bichinhos em diversos aspectos, trazendo muitos benefícios para eles.

A prática desta modalidade esportiva contribui para a melhora de diversos índices de saúde, além de ajudar o seu cãozinho a ficar mais relaxado e a diminuir o seu tédio. Além disso, a natação auxilia na melhora da imunidade e do condicionamento físico dos peludos.

Este é um exercício que pode ser praticado pelos diferentes portes caninos, principalmente pelo fato de dentro da água o impacto do movimento ser reduzido. Desta forma até mesmo cães idosos ou com algum problema de locomoção podem praticar essa modalidade com a indicação de um veterinário.

Alguns dos benefícios da natação para os cães são:

  • Obesidade;
  • Fortalecimento de músculos;
  • Doenças motoras;
  • Doenças articulares;
  • Recuperação de traumas;
  • Doenças cardiovasculares.

Apesar de ser uma prática muito benéfica para os peludos, alguns cuidados devem ser tomados, como por exemplo:

  • Nunca deixe o cão sozinho, mesmo em locais seguros, pois acidentes podem acontecer, e você ou algum responsável deverá estar lá para ajudá-lo;
  • Cuidado com locais desconhecidos, evite lagos, rios e praias que não tenha sinalização de segurança;
  • Fique atento à temperatura, uma vez que baixas temperaturas prejudicam a imunidade dos cães;
  • Sempre, após a aula de natação, dê um banho no seu doguinho e o seque muito bem, pois o corpo molhado também pode prejudicar a imunidade facilitando infecções;
  • Procure profissionais qualificados e de confiança, principalmente em clínicas veterinárias e centros de fisioterapia, pois além de profissionais confiável é necessário que o esporte seja praticado em locais com água tratada de maneira ideal;
  • Mantenha sempre um acompanhamento com o seu veterinário de confiança.

Agora que você já conhece alguns esportes caninos, não tem mais desculpa para manter o seu cãozinho sem praticar uma atividade física, não é mesmo? Vale lembrar que todo e qualquer esporte que envolvem os cães e os tutores devem levar em consideração as suas saúdes em primeiro lugar. Nada deve ser forçado, em nenhuma das partes.

Se você não se sentir confortável ou não estiver disponível para praticar esses esportes caninos, nós recomendamos alguns brinquedos que você pode utilizar para brincar com o seu filho de 4 patas para ele gastar energia em casa. O mais importante é que o seu cão gaste energia no dia a dia e pratique exercícios físicos pelo bem de sua saúde física e mental.

Brinquedos para estimular o exercício do seu cão

Brinquedo Puxador com Corda Furacão Pet

Esse brinquedo em formato de mordedor é uma ótima opção para o seu melhor amigo! Além de proporcionar a interação entre o animal e o tutor, ele apresenta diversos benefícios como: auxílio no desenvolvimento da musculatura da boca, cheiro atrativo para os pets e é confeccionado em materiais resistentes.

Bola Maciça Super Ball Vermelha Furacão Pet

Com essa bolinha maciça a diversão e a atividade física estão garantidas. Essa brincadeira, além de aproximar vocês dois, ainda tira o seu filho de quatro patas do tédio e faz ele gastar toda aquela energia acumulada.

Bola Espinho para Cachorro Azul e Laranja Jambo Pet

Brincar juntos é mais que uma forma divertida de interagir com seu amigo de quatro patas. É uma excelente maneira de manter-se fisicamente e emocionalmente saudável e reforçar ainda mais a relação com o seu pet. Pegar e correr atrás da bolinha é um dos preferidos da maioria dos cães.

Brinquedo com Corda Roxo Jambo Pet

Os brinquedos de corda, além de super-resistentes, garantem diversão e alívio de estresse para o seu pet! Ideais para os cães que possuem forte desejo de mastigar a todo momento e filhotes que estão na fase mastigar tudo ao seu redor, os brinquedos de corda ajudam a minimizar o comportamento destrutivo e na redução do tédio do seu pet.

Tutor, agora é só escolher um desses esportes ou um desses brinquedos e começar a praticar atividades e brincadeiras com o seu cão. Se ficou com alguma dúvida, é só entrar em contato conosco por meio da nossa Central de Atendimento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.