QUAIS ALIMENTOS VOCÊ PODE OU NÃO DAR AO SEU CÃO.

Você já se deparou com o questionamento de se pode ou não dar determinado alimento ao seu pet?

Todos estão cientes de que a comida de cachorro é a ração, mas, ultimamente, tem-se falado mais em dar comida ‘de gente’ para os pets. Arroz, frango, legumes e verduras podem ser uma opção mais saudável. Auxiliando assim em redução de peso e colesterol. 

Ainda assim, a ração natural continua sendo a melhor opção para uma alimentação completa e saudável. 

É preciso adequar a quantidade de proteína, gordura, etc. A dieta se adapta a cada pet, o ideal é sempre passar por um médico veterinário nutricionista, que vai calcular uma dieta mais balanceada para seu amiguinho. 

Qual a melhor maneira de adequar a dieta do animal? 

O ideal é pensar em uma estratégia para que o cão chegue a ter a quantidade necessária de proteínas e vitaminas. Isso é fundamental para ter um crescimento adequado e saudável, além de garantirem reservas energéticas suficientes. Além disso, a alimentação do animal influencia no processo de digestão, que precisa funcionar muito bem para que não ocorram complicações como diarréia ou vômito. Porém, quais alimentos são realmente autorizados para um animal consumir? 

Confira alguns alimentos:

GRÃOS 

No caso dos grãos, o mais indicado é triturá-los para facilitar a assimilação de certos alimentos. Principalmente pelo fato de o intestino do cachorro ser mais curto que o nosso e, portanto, a digestão ser mais rápida. 

CARNES 

Outro ponto que deve ser considerado pelo tutor tem a ver com a característica dos cães de serem predadores. Isso significa que boa parte da dieta deles deve ser composta de carne, já que a gordura fornece nutrientes importantes para o funcionamento dos órgãos. Sem contar que isso ajuda no desenvolvimento de uma boa musculatura e é indicado para suas articulações. Caso o cão não esteja acostumado a consumir carne crua, é melhor cozinhar um pouco. Esse processo ajuda a matar as bactérias do alimento, que poderiam afetar o organismo do animal. 

FIBRAS 

Farinha de aveia, por mais que estranho que pareça, pode ser oferecida aos cães. Este alimento é fonte de fibras e é excelente para os cães com problemas de irregularidade intestinal. A única restrição é cozinhar a farinha e não adicionar qualquer açúcar. 

FRUTAS 

São bem vindas, e isso inclui maçãs, laranjas, pêssegos e melancias. Só é recomendado tirar todas as sementes porque isso pode causar intoxicação. Devem também ser ministradas em porções pequenas, em especial aquelas ricas em açúcares. Os cachorros não metabolizam muito rápido bem o açúcar e o consumo excessivo pode deixá-los obesos. 

Existem 10 frutas especificamente que fazem muito bem ao pet: 

Maçã 

Banana 

Pera 

Kiwi 

Manga 

Laranja 

Mirtilo/Blueberry 

Morango 

Caqui 

Goiaba 

LEGUMES E VEGETAIS

Também rico em fibras, garantem vitaminas e minerais aos bichinhos e ainda possuem baixo teor calórico e de gordura. É muito positivo no sentido de evitar que o cão ganhe peso demais ou que tenha problemas nas articulações e de circulação. Ainda melhora o sistema digestivo e ajuda a regular o funcionamento do intestino. 

Confira quais legumes podem ser oferecidos sem problemas ao pet: 

Abobrinha 

Aspargos 

Batata (doce, comum e yacon) 

Berinjela 

Beterraba 

Brócolis 

Cará 

Cenoura 

Chuchu 

Couve-flor

É importante lembrar que, ainda que esses alimentos possam ser consumidos, devem ser servidos sem temperos e apenas como um complemento à alimentação, já que não devem substituir a ração feita especialmente para ele. Na Zenpet você encontra rações de qualidade que proporcionam todos os nutrientes necessários para o seu cãozinho.

Então, nada de oferecer cenouras e batatas como se fossem a refeição principal do bichinho! 

Preste também atenção nas alergias. Se ele apresentar algum comportamento excessivo e atípico depois de comer pode ser um sinal de reação alérgica. Sintomas como agitação, protuberâncias, salivação excessiva, vômitos ou diarreia podem indicar esse problema. 

Além de urinar de forma descontrolada, o cão ainda pode ficar debilitado ou mostrar tremores Pode ser sinal de intoxicação ou de fato de uma alergia. O cão deve chegar ao veterinário rapidamente para ser examinado. 

Cuidado com o lixo 

É bom vigiar o local onde jogam os restos de comida à medida que os cães tendem a comer tudo que acham na frente. Se eles considerarem rasgar o saco de lixo para roubar uns restinhos não vão desistir tão cedo. Caso o tutor perceba que o animal comeu o que não devia, deve levar imediatamente o pet ao veterinário. 

E quais alimentos não se deve oferecer ao animal? 

Por mais árduo que seja resistir ao famoso “olhar pidão” do seu amado pet, acredite: muitas vezes é perigoso! Isso porque há vários alimentos que fazem mal para o seu doguinho, e embora o impulso de agradá-lo seja grande é preciso não sucumbir a essa vontade para o próprio bem dele! 

Quer saber quais comidas e bebidas devem ficar bem longe do pote de ração? 

Veja a nossa lista! 

1. Café 

A cafeína é realmente perigosa para o seu pet, já que atua diretamente no seu sistema nervoso. Com isso, pode gerar desde hiperatividade até tremores. Assustador, né? Então melhor deixar tanto o cafezinho quanto o chá e o mate bem longe do seu cachorro. 

2. Chocolate 

Muita gente sabe que não se deve dar chocolate para os cachorros, mas nem todos estão cientes do porquê. Além de também ter cafeína, o doce possui teobromina, substância encontrada no cacau que causa intoxicação nos animais. Sem falar que o açúcar pode tornar o seu cão obeso ou até mesmo diabético. Por isso, esqueça os doces de quaisquer tipo. 

3. Abacate

No caso do abacate, a substância maléfica se chama persina. Essa toxina não causa mal-estar aos seres humanos, mas é perigosa para os cachorros. Sua ingestão pode causar problemas intestinais, como diarreias e vômitos. 

4. Massa crua 

Tanto a massa de bolo quanto a de pães é extremamente perigosa para a saúde do seu cão. Isso porque na levedura há um processo de fermentação alcoólica, e o álcool pode causar uma intoxicação séria no seu pet. Por isso, jamais dê uma provinha do que você está preparando a ele. 

5. Uvas 

Uvas também entram na lista de alimentos que o seu cão não pode comer jamais! Elas possuem componentes que são tóxicos para esses animais, causando falência renal. O mesmo vale para uvas passas, viu? Então fique bem atento, porque apenas 6 singelas uvas podem fazer um estrago enorme. 

6. Macadâmia 

Ok, nem todo mundo come macadâmia, mas ainda assim o alerta é importante. O consumo dessa noz pode fazer o seu pet sofrer com problemas diversos, como fraqueza muscular, depressão e vômito. Lembrando que às vezes a macadâmia está em biscoitos ou outros alimentos, então é preciso ficar atento aos ingredientes antes de permitir que o seu cachorro coma qualquer coisa. 

7. Cebola 

A cebola possui dissulfeto de n-propil, que pode reduzir a capacidade do corpo do seu cão de transportar oxigênio pelo corpo. Com isso, o seu doguinho pode sofrer com anemia, que por sua vez gera fraqueza, falta de apetite e até desmaio. Em casos mais extremos, é possível até que ele precise de uma transfusão de sangue. 

8. Leite 

O leite acaba entrando numa categoria intermediária, já que não é 100% proibido, mas é realmente melhor evitar. Isso porque a intolerância à lactose é bem comum em cachorros, podendo gerar vômitos, problemas de estômago e diarreia. 

9. Alho 

A presença de tiossulfato faz com que o alho também se torne um ingrediente proibido a cães, já faz o seu pet ficar anêmico. O caso é mesmo do da cebola, e por isso alimentos com esses temperos devem ficar bem longe do seu animal de estimação. 

10. Alimentos gordurosos 

Sabe a pizza apetitosa do fim de semana? Ou a batata frita crocante que dá água na boca? Pois é, tanto esses alimentos como todos os que forem gordurosos devem ficar bem longe do seu cachorro. Frituras e gorduras em geral podem gerar pancreatite no seu doguinho, inflamação no pâncreas que é seríssima! Na dúvida do que pode ou não dar a esse seu grande amigo, opte por rações, que são sempre a opção mais segura ou consulte um veterinário. 

É muito importante estar atento que alguns alimentos são inofensivos para nossa saúde, mas podem trazer riscos de vida para seu bichinho. 

Você já sabe que deve manter produtos químicos domésticos longe do alcance deles, mas seus organismos são diferentes dos nossos e existem outros produtos prejudiciais que talvez você não conheça. 

QUER SABER MAIS? 

Continue nos acompanhando e fique por dentro de tudo a respeito do cuidado ao seu pet!

Confira as melhores marcas de ração natural para o seu pet: https://www.zenpet.com.br/produtos-naturais-para-cachorro 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *