Depressão felina: Como lidar e cuidar do seu pet de maneira eficaz? Entenda

Cada gato tem um modo de se comportar e agir no ambiente, mesmo que o seu felino não seja o mais extrovertido e enérgico, você ainda pode notar que algo está estranho e ele não é o mesmo de antes.

Os bichanos são conhecidos por sua personalidade forte, levando-os, muitas vezes, à fama de mal-humorados. Mas e quando encontramos um gato com depressão? Será que os felinos também sofrem desse mal? Entenda nesse artigo completo que a ZenPet preparou para você auxiliar seu bichano a enfrentar esse mal.

gato triste deitado

O que é a depressão felina?

A depressão nos gatos pode ser desencadeada por algo considerado insignificante para nós, mas que para eles há grande importância. Entre as principais causas estão a introdução de um novo alimento, falecimento de um ente querido ou outro pet na família, falta de interação, mudanças na rotina e até mesmo quando a caixa de areia não está disposta ou limpa da forma que eles gostam.

Como identificar se meu gato está com depressão?

Como saber se meu gato tem depressão? Essa é uma pergunta comumente feita pelos tutores. A dica é ficar atento aos sinais apresentados pelo pet, para ver se ele tem alguma mudança em sua rotina.

Dentre as mudanças que podem indicar um quadro de gato com depressão estão situações em que o felino:

– Está mais quieto ou agitado;

– Passa a ser medroso ou prefere ficar muito recluso e isolado;

– Apresenta comportamentos estranhos;

– Tem alterações no apetite;

– Passa a ter aversão a determinados ambientes;

– Deixa de urinar e defecar no local adequado;

– Fica agressivo;

– Começa a se lamber excessivamente e perder pelos,

– Apresenta gravidez psicológica.

O que pode causar depressão no gato?

Mas o que pode afetar um animal a ponto de ele mudar de comportamento e desenvolver a depressão?  São vários os fatores que podem estar envolvidos em casos de gato com depressão, como, por exemplo:

– Confinamento em local pequeno;

– Falta de uma pessoa da família que faleceu ou foi viajar;

– Falta de outro gato ou pet, que tenha morrido ou tenha ido morar em outra casa;

– Mudança na disposição dos móveis;

– Barulho intenso, quando uma reforma está sendo feita, por exemplo;

– Mudança de casa;

– Chegada de uma nova pessoa para morar no ambiente;

– Adoção de um novo pet;

– Trauma físico, dor, doença, entre outros.

É possível prevenir?

A prevenção dessa doença é muito relativa e depende quase totalmente do comportamento do tutor e das condições oferecidas por ele ao animal. Um ambiente cheio de amor, calma e bem estruturado para receber o pet costuma ser suficiente. Mas tudo depende da personalidade dele, alguns gostam mais de afagos outros preferem só estar por perto e ter liberdade.

Dê sempre refeições com alimentos saudáveis e próprios para bichanos, de forma a garantir a saúde dele. Brinque com ele pelo menos durante meia hora diariamente. E mantenha uma rotina já pré-determinada para o pet se adaptar. Todos esses fatores evitam um gato com depressão.

Confira a nossa melhor ração natural para felinos:

Ração Natural Sem Transgênicos Gatos Saúde e Vida Frango Bella Vita

Confira o nosso melhor brinquedo:

CatMyPet

Tratamento para depressão:

É extremamente necessário ter acompanhamento com um veterinário. Isso porque o médico poderá identificar a origem do problema, além de descartar outras doenças. Além disso, será possível realizar um tratamento que leve em consideração as particularidades do gato.

Uma vez que o diagnóstico tenha sido feito, o médico-veterinário poderá orientar como tirar um gato da depressão. Feito isso, poderá sugerir tratamentos variados como, por exemplo:

– Administração de medicamentos;

– Enriquecimento ambiental, com o oferta de brinquedos e arranhadores,

– Maior interação entre o tutor e o pet.

Dica: Sabia que você pode contar com a ajuda da Aromaterapia e Florais para o seu pet?

Confira nossa linha especializada:

Aromaterapia para Gatos Blend Relax & Chill 10ml Vetfleur

https://www.zenpet.com.br/aromaterapia-para-gatos-blend-relax-chill-10ml-vetfleur

Floral para Cães Gatos Pet Estresse 31 ML

https://www.zenpet.com.br/floral-pet-estresse-31-ml

Passo a passo de como cuidar do seu gato depressivo:

Identificado o problema, é preciso começar a ajudar seu gato deprimido com pequenas mudanças dentro de casa.

1) Sol e entretenimento

Forneça um ambiente iluminado e com bastante sol para seu pet. Uma janela grande com uma árvore na frente para seu gato observar pode ser a coisa certa para animar seu peludo e entretê-lo por muito tempo.

2) Torne o ambiente interessante

É muito importante para seu bichano que ele tenha a representação da natureza dentro de casa. Gatos são verdadeiros caçadores e adoram explorar tudo, principalmente se for no alto. Invista em um bom arranhador, caminhas suspensas, prateleiras e até mesmo em um playground.

(Confira nosso playground especial para gatos: Playground para Gatos com 11 peças ZenPet)

3) Passe um tempo de qualidade com seu pet

gato no colo de seu dono

Além das brincadeiras, apenas estar junto significa muito ao seu felino. Há gatos que são apegados e sabemos que podem ficar depressivos se o seu pai humano ficar muito tempo fora de casa.

Além de seguir todas as nossas recomendações de enriquecimento e cuidados mentais do seu pet, dar mais atenção ao seu gatinho, é muito importante também que você tenha o acompanhamento de um médico veterinário e de um especialista em comportamento felino.

Gostou do nosso artigo? Acompanhe nosso blog semanal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.