Como falar a língua dos animais? Entenda o que significa os comportamentos do seu pet!

Tutor, você ainda tem dúvidas sobre o que certos comportamentos do seu peludo podem significar?

Pois bem, o comportamento do seu pet pode representar um certo tipo de comunicação com você! Embora nossos filhos de quatro patas não consigam se comunicar verbalmente conosco, podemos entender o comportamento deles como verdadeiros sinais de comunicação, e entender estes sinais do pet pode melhorar, e muito, o relacionamento de vocês.

É muito importante entendermos que os bichinhos expressam seus sentimentos através dos sinais, e precisamos estar sempre atentos para interpretá-los da maneira correta. Em busca de garantir sempre o bem-estar físico e emocional dos pets, é essencial que os tutores consigam identificar certos tipos de comportamento dos seus peludos. Por isso, no artigo de hoje, nós separamos algumas dicas para facilitar a comunicação entre você e seu melhor amigo, confira mais! 

cachorro feliz com mulher

O comportamento dos cães

Devemos sempre lembrar que os cães são muito diferentes dos humanos, e, desta forma, possuem necessidades distintas dos seres humanos. A medicina e a psicologia veterinária vêm realizando diversos estudos avançados sobre o comportamento canino, o que nos ajuda muito a entender alguns sinais que recebemos dos peludos.

Há estudos que relatam que as emoções que os cachorros expressam são muito semelhantes às emoções de uma criança de dois anos. Talvez seja por isso que enxergamos eles como os bebês da casa.

Tá, mas o que isso significa? Bom, eles se assemelham às crianças pequenas pois possuem uma sensibilidade muito aguçada para o aprendizado de coisas novas, além de demonstrarem de maneira muito acentuada e explícita as suas emoções. E essas emoções são transmitidas para nós por meio de comportamentos e sinais.

Para te ajudar a compreender melhor o seu peludo, nós elaboramos uma lista com as principais emoções dos cães e como eles expressam isso no nosso dia a dia!

Latido

Os latidos são a forma mais comum que os cães utilizam para se comunicar, contudo, eles podem significar muitas coisas. É por meio do latido que os cachorros expressam sentimentos como: alegria, medo, tristeza, dor, perigo, entre outros.

Geralmente quando há uma vocalização em excesso, ou seja, o seu peludo late a todo momento, significa algum tipo de incômodo, seja pela necessidade de chamar a sua atenção, ou por algum tipo de estresse (dor, fome, medo etc.).

É muito importante tutor, que o cãozinho nunca seja repreendido e castigado por conta dos latidos, pois ele está querendo lhe dizer algo. Portanto, se não for possível identificar o que o está incomodando, é necessário que se procure ajuda de um profissional.

Orelha para cima

O posicionamento das orelhas também indica alguns sinais de comunicação. Quando o cãozinho fica com a orelha para trás, ele está em sinal de alerta, se colocando em posição de ataque. Por outro lado, com as orelhas para cima, o cão demonstra sinal de curiosidade, ou em alguns casos confusão.

Lamber ou morder o tutor

Se o seu peludo anda te mordendo ou lambendo, fique tranquilo! Este é um sinal de que ele te ama muito. Essas interações são formas de demonstrar carinho, amor e afeto, e esses comportamentos ocorrem em momentos em que eles se sentem confortáveis com a sua presença e a interação entre vocês.

Uivo

Este é um comportamento que foi herdado dos ancestrais caninos, os lobos selvagens, podendo significar inúmeras situações, como: quando um macho está próximo a uma fêmea que está no cio; uma queixa de solidão; ou até mesmo uma forma de comunicação entre eles.

Gemidos e choros

Em todas as situações, quando os choros e gemidos aparecem, o seu cãozinho está indicando certo tipo de sofrimento. Em qualquer sinal deles, o tutor deve ficar de olho, pois o cão pode estar sentindo dores constantes e agudas. Além disso, essa pode ser uma externalização de um comportamento ansioso.

Dormir de barriga para cima

Esse é um ótimo sinal no comportamento do seu peludo. Dormir de barriga para cima representa um cão totalmente relaxado e em pleno sentimento de segurança no ambiente em que ele está. Os cães só ficam nessa posição perto de pessoas em que eles confiam.

Cutucar com o focinho

Esse é um típico comportamento do pet que quer chamar a atenção de seu dono. Se o seu cão faz isso, provavelmente está te chamando para alguma brincadeira ou momento de interação.

Agitação excessiva

Quando o bichinho apresenta uma agitação excessiva e fora do comum, ele pode estar passando por situações de ansiedade e estresse. Nestes casos, é muito importante que o tutor dedique um tempo de atenção ao pet.

O comportamento dos gatos

Embora os felinos passem a impressão de serem seres mais autônomos e independentes do que os cães, vários estudos apontam que esses bichinhos possuem sim um espírito de companheirismo e lealdade aos seus tutores. Contudo, essa ‘fama’ aparece por serem animais mais silenciosos.

Portanto, é muito importante que o tutor fique atento aos menores sinais que o felino pode dar, para que se possa estabelecer uma comunicação eficiente entre ambos. Quando tratamos da comunicação dos felinos, é possível dividir seus sinais em quatro categorias:

Comunicação tátil

Esse é um dos principais tipos de comunicação que os felinos estabelecem com os seus tutores, mas geralmente ela só ocorre com os membros de um mesmo grupo social, ou seja, não é muito comum que o seu felino se sinta confortável para estabelecer essa comunicação com pessoas estranhas a ele.

A lambidas e o ato de se esfregar são os principais sinais da comunicação felina. As lambidas podem simbolizar a reconciliação pós conflitos, ou até mesmo uma forma de chamar o outro bichinho para uma brincadeira. Já o ato de se esfregar é uma forma de demonstração de carinho.

Comunicação olfativa

A comunicação olfativa, embora seja um comportamento bastante complexo entre os felinos, é utilizada com o intuito de afastar outros animais. Como forma de marcar território, os bichanos possuem o costume de se esfregar em objetos para depositar odor.

Comunicação visual

A sinalização visual dos felinos são aspectos muito importantes para entendermos o estado emocional deles.

cachorro no parque com dona
  • Técnica de rolamento: Os gatinhos utilizam esse comportamento para pedir atenção ao tutor, seja um carinho, ou brincadeira. Além disso, algumas fêmeas podem realizar o ato para fazer com que seu cheiro se espalhe pelo corpo e atraia os machos.
  • Orelhas: elas dizem muito! Se estão abaixadas, pode significar medo. Se estão eretas e viradas para frente, simbolizam o estado de atenção. Agora, se estão eretas, mas viradas para trás, representam momentos de confiança e agressividade. Nos momentos de medo, elas ficam abaixadas e para trás.
  • Costas arqueadas: essa é uma postura defensiva e pode indicar a antecipação de um confronto. Contudo, os felinos utilizam essa posição para demonstrar uma maior dimensão corporal.
  • Agachamento: essa posição é admitida em momentos de ameaça, pois facilita um rápido ataque.

Vocalização

A vocalização é um comportamento muito utilizado pelos felinos para se comunicar com os humanos. Geralmente, quando o gato ronrona, ele está muito feliz e relaxado. Se ele está ronronando e vira a barriguinha para cima, é um sinal de confiança e um convite ao carinho.

Os miados devem ser analisados de acordo com a postura em que o gato se encontra. Se for um miado agudo acompanhado de uma postura mais retraída, possivelmente o felino está com medo. Se ele estiver miando próximo ao local onde fica a sua comida, ele pode estar com fome. Quando eles miam e correm para se deitar em algum lugar, é um pedido de atenção!

Por isso é muito importante que o tutor fique atento aos sinais que os pets dão, pois ninguém conhece mais esses peludos do que os próprios tutores!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.