cachorro com medo de fogos de artifício

NÃO SOLTE FOGOS NO ANO NOVO: ENTENDA O MOTIVO

Soltar fogos de artifício é uma tradição no Ano Novo. O problema é que, se para alguns eles contribuem para aumentar a diversão, para quem tem pets, eles podem ser um verdadeiro pesadelo. Afinal de contas, não é raro encontrar um cachorro com medo de fogos, né?

Em épocas festivas é muito comum o uso de fogos e rojões durante as comemorações. Porém, alguns cachorros mais sensíveis e medrosos acabam se estressando muito nessas situações, e em alguns casos, o pânico é tão grande que, ao tentarem se proteger, os bichinhos podem se machucar, fugir ou até mesmo terem sérios problemas de saúde

Aliás, engana-se quem pensa que a questão não deve ser levada a sério. Além do desconforto emocional, o medo dos rojões pode resultar em fugas e outros acidentes com o animal.

cachorro com medo

Mas por que os fogos causam medo nos nossos amigos?

Por conta da Sensibilidade aguçada:

Cães possuem uma audição muito mais potente do que a nossa. Barulhos muito altos, como os dos fogos de artifício, fazem com que o animal fique agitado, estressado e até traumatizado. O problema pode persistir por dias, dependendo do nível de estresse causado.

Os pets podem encarar o barulho repentino como uma ameaça, por isso podem se assustar e procurar se esconder ou ficar agressivos.

Com os fogos, é melhor prevenir a remediar

Quando nossos amigos são expostos a ruídos altos pela primeira vez, a experiência pode ser muito traumática. Porém, isso não significa necessariamente que você tem um cachorro medroso ou algo do tipo.

Lembre-se de que, diferentemente de nós, os cachorros não sabem distinguir a origem do estrondo. Portanto, é natural que o associam a algum perigo, fiquem assustados e queiram fugir.

Agora, se você acostumar o pet desde cedo com barulhos altos, associando-os a coisas boas, ele não ficará tão assustado. Isso vale não só como macete de como acalmar o cachorro com medo de fogos de artifício. A técnica serve também para outros ruídos fortes, como os trovões.

Como acostumar o cachorro ao barulho dos fogos?

Acostumar o cachorro ao barulho dos fogos é um processo gradual. Por isso, o ideal é que comece desde cedo. Afinal, uma vez que o pet adquiriu o trauma, torna-se mais difícil fazer com que ele perca o medo inicial.

Aqui vão algumas sugestões de como ajudar o cachorro com medo de fogos a se acostumar com os ruídos:

  • Com a ajuda de uma fonte de ruído controlada, como vídeos ou áudios de fogos e rojões, comece colocando o som bem baixinho no ambiente em que o pet está;
  • Ao mesmo tempo, distraia o pet com mordedores e brinquedos;
  • Percebeu que o pet não ficou abalado com os ruídos? Aumente o som gradualmente, distraindo-o com petiscos e brinquedos para que ele associe o barulho a coisas boas,
  • Faça isso até perceber que o cão continua se sentindo seguro diante do ruído.
  • Caso o pet já tenha sido exposto de maneira descontrolada ao ruído de fogos, desenvolvendo o trauma, o procedimento para acostumá-lo a barulhos altos é o mesmo que foi descrito acima.

A diferença é que, nesse caso, ele é mais difícil e levará um pouco mais de tempo até que o cachorro se sinta seguro e passe a associar o som às brincadeiras.

Cachorro com medo de fogos: o que fazer na hora?

cachorro com medo de fogos

Acostumar o cachorro com o barulho dos fogos de maneira controlada é a melhor maneira de evitar o desconforto emocional e acidentes gerados pelos fogos.

E quando não é possível agir de maneira antecipada? Saiba o que fazer com cachorro que tem medo de fogos, quando é necessário amenizar os riscos!

  • Certifique-se de que portas e portões estão fechados a fim de evitar fugas;
  • Garanta que o pet tenha um abrigo, como casinha ou caixa de transporte, onde possa ir para se sentir mais seguro quando estiver com medo;
  • Utilize protetores auriculares próprios para pets, reduzindo o impacto do barulho;
  • Fique perto do cachorro e, na medida do possível, procure distraí-lo com petiscos e brincadeiras, mas respeite caso ele prefira ficar num local isolado,
  • Procure mantê-lo em um ambiente com o som mais abafado possível e coloque ao fundo música clássica para que o pet escute – pode ajudar a acalmá-lo e mudar o foco dos ruídos dos fogos.

Gostou das dicas?

A Zenpet se preocupa com o bem estar do seu filho de quatro patas. No nosso site você encontra diversas opções de produtos que o seu pet irá amar! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *