Cachorro da raça border collie dentro de um carro

7 dicas para acalmar seu cão em viagens de carro

Tutor, o seu cão fica ansioso com viagens de carro?

Para viajar com um pet é muito importante estar atento à vários detalhes, principalmente no conforto e comportamento do seu melhor amigo!

Quem tem pet sabe que muitas vezes uma viagem de carro não é tão tranquila assim, pois muitos cães podem passar mal ao entrar em carros, ou por não estarem acostumados ou por medo.

Por que o meu cão fica ansioso ao entrar no carro?

É muito comum que os cães sofram de algum tipo de ansiedade ou medo dentro do carro, seja por algum trauma, ou por não se sentir confortável e seguro neste ambiente. Os cães mais jovens tendem a não ter muito equilíbrio, o que pode desencadear em enjoos ou vômitos. E muitas vezes isso pode virar um gatilho quando mais adulto. A estimulação do ouvido interno do cão, que é responsável por manter o equilíbrio do corpo, em decorrência do balanço do veículo, pode gerar desconforto e enjoos ao animal.

Outro fator que pode gerar um gatilho nos pets é associar o passeio de carro com a ida ao veterinário, por isso é importante tentar entender o seu bichinho e buscar maneiras de aliviar esse sentimento para ele.

Quais são os sinais de que o cachorro não está confortável no carro?

Todos esses fatores em conjunto com a ansiedade por entrar em um veículo pode desencadear enjoos e vômitos. Além disso, outros sinais podem demonstrar o desconforto do pet, como uma respiração ofegante, tremedeira, salivação excessiva e outros comportamentos incomuns.

Por isso, tutor, fique atento aos comportamentos do seu melhor amigo!

Nós sabemos o quanto é gostoso e gratificante poder levar nosso filho de 4 patas para viajar com a gente nesses feriados prolongados, mas antes é preciso entender quais são os cuidados que o tutor deve tomar para que o cãozinho não fique ansioso, mas sim confortável durante toda a viagem. Por isso tutor, a Zenpet separou algumas dicas para você que vai viajar com o seu pet nesse feriadão, acompanhe no artigo abaixo!

Dicas para acalmar o seu cão em viagens de carro!

1.     Coloque a caminha dele em cima do banco do carro onde ele vai viajar!

É importante que o peludo se sinta confortável e em um ambiente seguro. E nada melhor do que a sua própria caminha para passar esse sentimento, não é mesmo?

2.     Escolha um cinto de segurança que seja seguro e confortável

O uso do cinto de segurança previne diversos acidentes e promove uma segurança maior para o cão e para os humanos que estão no carro. É muito importante não viajar com o pet solto e nem com a cabeça para fora da janela.

Para um maior conforto e segurança, não é ideal prender o cinto de segurança no pescoço do cachorro, mas sim em uma coleira peitoral.

3.     Aromaterapia

A aromaterapia pode ser uma grande aliada nesses momentos. Atualmente existem diversos blends de óleos essenciais que juntos, em sua sinergia, promovem um maior bem-estar e conforto para os peludos.

O Blend de Aromaterapia para cães Medo da Vetfleur foi desenvolvido para melhorar o bem-estar físico e psicológico do seu melhor amigo.

O Blend de Aromaterapia para cães Enjoo da Vetfleur tem a indicação para evitar os enjoos e trazer conforto em viagens e passeios de carro.

O Blend de Aromaterapia para cães Equilíbrio Emocional da Vetfleur traz uma harmonia de forma alternativa. Atua estabilizando as emoções e trazendo um conforto geral para os cães.

O Blend de Aromaterapia para cães Relax&Chill da Vetfleur é muito útil em casos de estresse e para animais assustados.

4.     Ajude o seu cão a associar o carro a uma experiência positiva!

Tente não colocar seu cão no carro somente para ir ao veterinário. É importante que o peludo entenda que o carro também pode significar coisas positivas, como um passeio no parque, uma ida ao campo, entre outros.

5.     Nunca deixe o seu cão sozinho no carro!

Tutor, deixar um cão sozinho no carro é muito perigoso, principalmente nos dias quentes. Mesmo com as janelas abertas ou em hipótese nenhuma deixe o seu cão sozinho. Os animais são susceptíveis à alterações climáticas, e devido a elevação da temperatura, podem sofrer uma condição conhecida como intermação, que é a elevação da temperatura corporal decorrente da exposição excessiva ao calor.

Além das questões que envolvem a temperatura, o seu peludo pode não se sentir seguro sem a sua presença e se assustar com barulhos e intercorrências externas, podendo se machucar. Isso pode gerar um trauma no seu filho de 4 patas!

6.     Deixe seu peludo ver tudo o que está acontecendo

Muitos doguinhos gostam de olhar pela janela quando estão andando de carro, isso pode ser um motivo de diversão para eles. Então, se o seu peludo demonstrar essa vontade, pode ser interessante deixar ele olhar, pode acalmá-lo. Contudo, se o seu melhor amigo é mais susceptível a ter enjoo, isso pode piorar.

Mas lembre-se, tutor, por mais que o seu cãozinho queria olhar pela janela, mantenha ela fechada, para a segurança dele!

7.     Faça paradas regulares e frequentes

Tutor, pesquise locais petfriendly e locais seguros onde vocês possam parar. As paradas são muito importantes para que o cão possa se hidratar e fazer as suas necessidades. Além disso, é um momento de relaxamento e distração, no qual ele pode brincar, socializar com outros animais e outros humanos.

Se a viagem for longa, certifique-se de que o seu cãozinho seja alimentado, mas com cuidado, não é bom que ele coma demais antes de pegar estrada.

Essas são algumas dicas essenciais para te ajudar a lidar com um cãozinho ansioso dentro do carro. Mas lembre-se, tutor: é importante, antes de uma viagem longa, levar o seu pet para uma consulta de rotina com o seu veterinário de confiança, para verificar se está tudo bem com o peludo e se ele está com as vacinas todas em dia!

Aproveite o feriadão com o seu filho de 4 patas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.