Golden retriever sorrindo

Golden Retriever: tudo o que você precisa saber sobre a raça!

Quem nunca se apaixonou por um desses douradinhos lindos?

De origem britânica, o Golden Retriever é uma raça conhecida por ser bastante dócil e companheiro. A raça surgiu a partir do cruzamento de um Wavy-Coated Retriever com uma Teed Walter Spaniel, na busca por um cão de médio a grande porte que fosse caçador, obediente, inteligente e calmo. Os Goldens são animais bastante ativos e que amam estar do lado dos seus tutores. Conquistam a todos com o seu jeito brincalhão e amigável.

Mas calma, se você já caiu nos encantos desses bichinhos lindos, a Zenpet criou um guia para você conhecer melhor essa raça incrível! Confira mais!

Características

Porte

Os cães da raça Golden Retriever possuem um grande porte, tendo o seu peso variando entre 27 a 40Kg e altura entre 51 e 61cm. Possuem o focinho largo, corpo muito bem estruturado, olhos castanhos e expressão doce.

Pelagem

A pelagem dessa raça é dourada e bastante espessa, com subpelo denso e resistente, e franjas de comprimento médio a longo, podendo ser lisas ou onduladas. É importante lembrar que, mesmo que seus pelos sejam densos e espessos, eles não sentem mais calor por isso, pois os pelos funcionam como uma espécie de proteção térmica para o seu corpo, tanto para o frio quanto para o calor em excesso.

Tipos de Golden Retriever

  • Britânico: possuem focinhos mais largos e a testa mais quadrada. Esse tipo é mais comum na Europa e na Austrália. Suas pernas e sua calda são mais curtas, e possuem o peito um pouco mais profundo. A pelagem é mais dourada ou creme.
  • Americano: pelagem mais densa e dourada. Possui o corpo mais esbelto e menos encorpado.
  • Canadense: eles são bem semelhantes aos americanos, contudo possuem uma pelagem um pouco mais escura.

Personalidade

As principais características dos goldens é que são cães muito dóceis e companheiros. Geralmente essa raça é muito apega aos seus tutores e gostam muito de agradá-los.

Outro traço muito importante é: os goldens têm muita energia! Eles demandam de bastante atenção do tutor e de exercício diário. Ao ficar sozinho por muito tempo um Golden Retriever pode se tornar depressivo e destrutivo. É sempre importante que eles tenham uma forma de distração quando estão em casa e que tenham um tempo do dia destinado a caminhadas, natação, brincadeiras, entre outros.

Bolinha

O Golden Retriever é um cão muito inteligente, que tem facilidade em aprender comandos, e por isso é uma raça muito utilizada como cão-guia e Animais de Assistência Emocional.

Socialização

O Golden Retriever é uma das melhores raças quando se pensa em socialização com crianças. Eles são super brincalhões e possuem um instinto protetor muito forte, por isso é uma ótima escolha para famílias com crianças pequenas. Contudo, é sempre importante que o tutor fique atento e supervisionando o contato, pois essa raça é bem desastrada e não tem muita noção do seu tamanho.

O adestramento dessa raça é geralmente muito fácil, pois são cães muito inteligentes e que aprendem com facilidade novos comandos e truques.

Principais cuidados

Escovação dos pelos

Essa raça, por ter pelagem longa e muitos subpelos, eles soltam bastante pelo durante todo o ano, e não somente nos períodos de troca. Por isso, é muito importante que se realize escovação diária para a retirada dos pelos mortos e para evitar a formação de nós.

Escova Rasqueadeira Funamei para pelos longos G

Higiene

Com relação aos banhos, vai depender muito da rotina de cada animal, mas o recomendado é que sejam dados a cada mês. O Golden Retriever é uma raça que gosta muito de água, e por isso, é muito importante que sejam acostumados com o secador desde pequenos, pois ter a pele sempre úmida pode trazer problemas para a saúde do seu bichinho.

Saúde

O desejo de todo tutor é manter seu peludo sempre saudável, e por isso, é importante prestar bastante atenção às predisposições genéticas que podem causar problemas no seu Golden Retriever.

Displasia Coxo-femural

Um problema muito comum que essa raça pode enfrentar é a displasia de quadril, ou displasia coxo-femural, uma patologia hereditária que é caracterizada pela incongruência da articulação, e neste caso, a cabeça do fêmur “se encaixa” no acetábulo. É muito importante ficar atento aos sintomas dessa patologia, pois ela tem muito impacto na mobilidade dos cães. Reconhecer os sintomas logo no início pode atenuar os impactos da displasia desde o início.

Sintomas:

  • Quedas abruptas ao caminhas ou subir escadas;
  • Mancar;
  • Sentar-se com os membros mais abertos;
  • Apresentar dor no quadril;
  • Diminuição na atividade física, como se evitassem correr, saltar e subir escadas ou na cama e sofá;
  • Calcanhares virados para dentro;
  • Aumento na musculatura dos ombros.

Doenças no coração

O coração é uma parte vulnerável do Golden Retriever. A cardiomiopatia, entrópio e estenose aórtica são problemas que ocorrem com frequência nos peludos dessa raça. Desta forma, é muito importante ficar sempre de olho e monitorar o coraçãozinho do seu melhor amigo!

Problemas de pele

A pele dos cães dessa raça é bastante sensível. O problema dermatológico que mais afeta a raça é a otite externa, seguida pela dermatite úmida aguda, dermatite atópica, e dermatite de contato.

Por possuírem pelos densos e longos, a sua pele pode ser um excelente local para o acúmulo e desenvolvimento de parasitas e bactérias que causam essas doenças. As principais fontes dos problemas de pele nos cães são:

  • Pulgas e carrapatos;
  • Mofo;
  • Poeira e sujeira;
  • Pólen;
  • Ar quente ou frio;
  • Fungos e bactérias;
  • Alimentação.

A Dermatite Úmida Aguda é um dos problemas que a raça mais tem predisposição a ter, e é caracterizada por manchas infeccionadas, úmidas e doloridas, que são causadas geralmente por picadas de inseto, pulgas e outros parasitas.

Kit Banho Natural com Própolis Verde Propovets

Já a Dermatite Atópica é causada por agentes presentes no ambiente, como pólen, poeira, ácaros da grama, entre outros. Esse problema causa muita coceira na pele, principalmente nas patas, orelha, barriga e axilas.

A Otite Externa é uma infecção no ouvido externo dos cães. Esse problema pode ter diversas causas diferentes, como a proliferação de fungos, parasitas e bactérias, o que causa inflamação, odor desagradável e muita coceira. Para evitar a otite, é importante evitar que entre água no canal auditivo do cão e realizar uma limpeza constante da orelha do cão com produtos específicos para isso.

Limpa Ouvido Natural para cachorro! <3

Agora que você já sabe tudo sobre essa raça incrível, acesse o site da Zenpet Brasil e garanta os melhores produtos naturais e essenciais para o seu filho de quatro patas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.